quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

#84 | As Duas Faces do Destino - Landulfo Almeida

Olá pessoal! Tudo bem? Queridos leitores e blogueiros!!! Hoje estou um pouco triste em fazer está resenha, porque este foi o primeiro livro nacional que não me encantou, que eu fiquei apaixonado. Eu gostei da história, mas não daquele jeito. Então, vamos a resenha!






Número de páginas: 488 | Autor: Landulfo Almeida
Gênero: Ficção Cientifica / Nacional
Editora: Novo Século | Ano: 2013 | 1ª Edição



Sinopse:


Bruno havia desistido de encontrar um sentido para sua vida quando é recrutado por uma extraordinária mulher, dona de habilidades incomuns, para lutar contra um poderoso inimigo. Kerligan Amnael possui o conhecimento, o dinheiro, a inteligência e a vontade para causar enormes prejuízos à humanidade. Apesar das dúvidas, Bruno resolve seguir seu coração e seus instintos e abraçar o destino ofertado por Adrianna. Exilado de sua antiga vida ele é preparado para uma batalha a ser travada no mundo dos negócios bilionários, das descobertas científicas e médicas de última geração e da espionagem industrial. Incapaz de lidar sozinho com as incertezas da história de Adrianna, que alega pertencer a outro universo, Bruno busca em seus melhores amigos do passado a força necessária. Entre sabotagens e assassinatos, amizades serão testadas, paixões nascerão e um inesperado desafio tornará a cruzada de Bruno ainda mais solitária. Pistas sobre os reais planos de Kerligan e MJ, seu braço direito, revelam uma verdade surpreendente e avassaladora. Próximo ao fim, a coragem e uma descomunal força de vontade serão as principais armas do casal de protagonistas para tentar salvar o futuro do planeta.



Resenha:

Primeiramente, quero começar está resenha falando sobre minhas expectativas antes de ler o livro. Antes de pedir a parceria com o autor eu pesquiso sobre o livro, como todos os blogueiros devem fazer. Eu cheguei à conclusão que o livro é de ficção cientifica e que envolvia outro planeta. Eu esperei está relação de uma forma mais clara (os personagens viajando para o tal planeta), de certa forma envolve outro planeta, mas não da forma que eu esperava.

Por outro lado, a ficção científica é muito transparente, ou seja, o livro todo tem ficção cientifica cura para doenças incuráveis, muita tecnologia, computadores avançados, coisa de primeiro mundo. Quando a isso não posso reclamar. O que me importunava um pouco, eram os nomes difíceis das empresas, e muitas vezes eu não gravava. O núcleo do livro é muito grande, vários personagens.

Eu reconheço que foi muito ingênuo da minha parte, esperar que o livro não fosse tão detalhista. Um livro de quinhentas páginas tem de ter bastantes detalhes. Como disse George R.R. Martin “Diz-se que o diabo está nos detalhes, um livro deste tamanho tem muitos detalhes”. Será que Landulfo Almeida, nosso querido autor parceiro - conseguiu derrotar estes diabos? É o que veremos agora.

O livro começa apresentando para os leitores o personagem Bruno, o começo do livro é menos complexo e o que passa mais entendimento, o que é bom, pois seria péssimo se você não entendesse o que o autor quer passar. A introdução da história é bem rápida, mas depois que começam a vir às situações, o que a história conta de verdade, a coisa começa a complicar. Tudo começa a ficar escuro e você tropeça várias vezes.




Bruno é um garoto que malha muito, e está sempre em movimento (tipo eu, “sqn”), então eu imagino-o, forte, alto e bonito, tórax e barriga definida (o famoso tanquinho), o que deixar qualquer menina doida por ele. No alto dos seus vinte e poucos anos ele é um jovem normal, que gosta de viver a vida da sua forma. Bruno parece meio imaturo no começo, mas ao longo do livro ele vai se mostrando um forte líder.

 Adrianna, diz ela que veio da Angola, mas obvio que não. Ela veio de Aqua, outro planeta, isso parece muita loucura para nós leitores e para Bruno, que não acredita de primeira. Eles se conhecem e Bruno a chama para sair. Depois de alguns encontros ela faz uma proposta irrecusável a Bruno. (Agora vocês vão conhecer a verdadeira Adriana, e tudo que ela está envolvida). A proposta é irrecusável, mas as condições são loucas.

Depois de explicar tudo sobre o planeta de onde veio, e falar que ela foi mandada para testar um humano da terra, ela explica que Aqua está inabitável e eles procuravam um planeta para os habitantes de Aqua viverem, e acharam a Terra. Ela fala que ejetou uma substância em Bruno, que o tornaria mais forte, mais rápido, mais inteligente. E ela propõe que se Bruno ajudasse-a a derrotar Kerligan e M.J. (os vilões da história), ela o treinaria para ser um homem que consegue lutar, correr e fazer outras coisas, anormalmente. E Bruno ainda ganharia um ótimo dinheiro. Uma quantia tão grande que não tem como recusar.




“A vida é muito curta, para a gente desperdiçar as oportunidades de ser feliz.” (Página 182)



Opinião:

Eu gostei do livro, mas se você pretende ler o este livro não fique preso a está resenha, com certeza a opiniões mais positivas que está. A ideia central do livro é espetacular, mas acho que o autor deveria ousar mais, levar mais para o lado da fantasia do que para o mundo real. O livro tem pouca cota de fantasia, e é muito puxado para realidade. Eu sinceramente espero que o autor escreva uma continuação, e puxe o livro mais para o lado do planeta Aqua, para conhecermos melhor o planeta de que foi tanto falado em todo o livro.

Quanto à narrativa, poderia ser muito mais leve. É uma coisa muito detalhista e complicada, números, nomes de empresas complicadas, teorias e explicações complicadas, e acaba dificultando a leitura. Somente o começo, a apresentação dos personagens é bem fácil de ler, da página 100 para lá, entra muitos personagens, várias histórias em lugares diferentes, núcleos misturados. Mas mesmo com todas as dificuldades, o livro não é chato e nem mórbido. É só de difícil entendimento, então se sente leia com muita atenção e siga a história.

Os personagens podem nos surpreender a todo o momento, este é o lado bom do livro, que ele é contínuo, sempre tem uma reviravolta, alguma coisa acontece e vemos quem é o mocinho e quem é o vilão. Eu particularmente recomendo a leitura do livro, porém vá com calma, relaxa e leia com muita atenção. Se não você pode se perder na história. Eu mesmo demorei quase 20 dias para ler, porque é um livro que você tem que para tudo o que está fazendo e ler. De preferencia com a cabeça relaxada e fresca.

Agora eu vou falar uma coisa que já está presa desde que li “Os Guerreiros do Universo” do autor Anderson Vitorello, seja objetivo, vá direto ao ponto que quer chegar, o leitor não gosta de ser enrolado. E mais uma coisa, desta vez a Senhora Editora Novo Século, pelo amor de Deus, façam uma edição decente. A Novo Século é uma ótima editora, para publicar livros pequenos, quando é livro grosso – como é o caso – em uma ou duas leituras o miolo quebra. E não é descuido do leitor, porque os meus livros de As Crônicas de Gelo e Fogo – que são bem maiores – não estão com o miolo quebrado. Neste caso foi descuido da editora.

Diagramação média, nem tão grande, e nem tão pequena. Quando ao espaçamento, muito socado, poderia ser mais espaçoso, eu entendo que o livro é grande e tem que socar mesmo. Erros de ortografia, nenhum, agora teve um ponto continuativo, e a frase continuou com letra minúscula, eu achei um pouco engraçado, mais essas coisas passam despercebidas mesmo. Exemplo: “Fulano de tal é assim. e também é tal coisa”. 

Concluindo, minha nota será três, mas não fique preso a está resenha, eu não gostei tanto assim do livro a ponto de fazer você ler? Então procure outra resenha, uma positiva. No skoob a média da nota está 4,3 de 5, então muita gente adorou o livro, eu gostei, mas não o suficiente. Recomendo a leitura do livro, porque você pode adorar. As pessoas tem gostos diferentes e isso não se discute.



Nota:








O Autor:


Nascido em Brasília em 1968, Landulfo Almeida passou sua adolescência e boa parte da vida adulta em Salvador. Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Bahia e pós-graduado em Marketing de Serviços, trabalhou como engenheiro de software, empresário, professor e executivo. É entusiasta do mercado financeiro e opera na Bolsa de Valores. Apaixonado por ciência, ficção científica e literatura fantástica, procura usar sua experiência eclética e seus diversos interesses para enriquecer suas histórias, criando ambientes e personagens plausíveis; permitindo à imaginação fluir livremente.


Links:


Perfil do autor no Facebook: clique aqui
Livro no Skoob: clique aqui
Comprar no Site da Editora: clique aqui
Comprar na Saraiva: clique aqui




Então é isso pessoal, comentem muito e deixem os links dos seus blogs para eu retribuir. Amo todos vocês, um abração e até a próxima! Sábado tem post novo hein! Se preparem!

Jonathan Freitas

9 comentários:

  1. Não li o livro, mas acho que concordaria com essa sua sugestão de o autor puxar mais para a fantasia que para a realidade. Que pena que a história não te encantou, mas a gente não tem mesmo como prever isso, mesmo pesquisando antes de solicitar a parceria. É a segunda resenha que leio que diz que o livro é de difícil entendimento, isso deve prejudicar bastante a leitura.

    Espaçamento me faz falta, não gosto de texto "socado", acho que se não dá pra fazer um livro com mais páginas é melhor dividir em dois livros, para a leitura não ficar desconfortável.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Ju, ficaria bem melhor ser dois livros, ou uma trilogia.

      Excluir
  2. Olá
    Fiquei com vontade de ler o livro só por saber que é uma ficção científica, um gênero que eu adoro (principalmente em filmes) e seus diversos subgêneros. Gostei da ideia de termos curas para incuráveis, tecnologia avançada e etc. Aliás gostei muito da capa e do título. É uma pena que não tenha gostado tanto e achado a narrativa complicada, mas essa parte eu acho que é digamos que essencial termos bastante descrição afinal é um novo mundo ao qual não conhecemos.
    Pretendo ler em breve!

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente Matheus, eu sei que o livro tem que ser detalhista, mais foi muito ao extremo, na minha opinião.

      Excluir
  3. Oieee, tudo bem??? Eu adorei sua resenha, você colocou sua opinião sobre a leitura de uma forma clara e sincera, tenho vontade de ler este livro, a capa não é muito bonita mas eu tenho interesse em conhecer toda a história, a sua resenha me ajudou pois quando começar a ler não irei com tanta sede ao pote para o caso de decepções hahahahah. Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você não achou a capa linda? É perfeita! Que bom que você quer ler. Espere que você adore a leitura.

      Excluir
  4. Oi Jonathan!
    Gostei muita da sua resenha, pois vc falou realmente o que acha, e tem sempre aquela coisa que vc pode não ter gostado tanto e outra pessoa pode ter amado! Por isso é importante ler e tirar suas conclusões! Eu não sou fã do estilo, mas leio de tudo por causa do blog! Quem sabe um dia eu leia e descubra se gosto!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É! Você não pode ficar preso em uma resenha de alguém que não gostou, e deixar de ler o livro. Tem que ler o livro para ver se gosta, ou não.

      Excluir
  5. Acho que vc nao devia ficar triste por nao ter gostado tanto de um livro, isso só faz com que eu te dê mais credibilidade como resenhista pois sempre q vejo blogueiros que só dão nota máxima e só tem elogios a fazer sobre seus parceiros... bom, eu simplesmente nao confio nesse tipo de blogueiro. Além de tudo vc explicou TÃO BEM esse livro e seus motivos por não ter gostado tanto que ganhou ainda mais pontos e ainda fez com que eu ficasse interessada pra conhecer esse livro . Parabéns, melhor post :)

    ResponderExcluir