sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

#76 | A Tormenta de Espadas - George R.R. Martin

Olá amigos leitores e blogueiros, como foi o ano novo de vocês? Bom? Que ótimo! Acompanhem agora, mais uma resenha da série "As Crônicas de Gelo e Fogo", desta vez resenharei o terceiro livro.



Sinopse: A tormenta de espadas, o terceiro livro da série de George R. R. Martin, onde os Sete Reinos já sentem o rigoroso inverno que chega, mas as batalhas parecem estar mais cruéis e impiedosas. Enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens pela Muralha, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, que se encontra entre eles, divide-se entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será que ele conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Arya continua a caminho de Correrrio, mas mesmo alguém tão desembaraçado como ela terá grande dificuldade em ultrapassar os obstáculos que se aproximam. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa, livre do compromisso com o homem que agora ocupa o Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon estariam mortos. No Leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras da sua infância, mas antes ela precisará aportar às desprezíveis cidades dos escravagistas. Mas a menina indefesa agora é uma mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar em uma conquistadora impiedosa?



Número de páginas: 884 | Autor: George R.R. Martin
Gênero: Fantasia, guerra, medieval. | Editora: Leya | Ano: Lá Fora 2000, No Brasil 2011 | Tradutor: Jorge Candeias | 1ª Edição.


Atenção: Esta resenha pode contem spoiler de A Fúria dos Reis e possivelmente de A Guerra dos Tronos.


Resenha: 

O livro começa com um prólogo de tirar o folego, e eu tinha que compartilhar um pouco dessa sensação com vocês. A Patrulha Salvadora, estava lá patrulhando - claro né - até que alguns dos corvos começam a maquinar contra o Samwell - se você não sabe quem é nem deveria estar lendo esta resenha. De repente começam a soar os berrantes, um berro é para alguma coisa que esqueci, dois é para selvagens (os homens que vivem para-lá-da-muralha), e três é para os Outros (criaturas malignas, que segundo a lenda, já estão mortas - tipo zumbis).

Jaime Lannister foi solto pela Senhora Catelyn, com a condição de jurar que traria Sansa e Arya a salvo para ela. E de acompanhante de Jaime até Porto Real, mandou Brienne de Tarth. Brienne é uma ex soldado do rei Renly Baratheon, que depois da morte de Renly jurou proteger a senhora Catelyn (se você já leu A Fúria dos Reis, sabe como isso aconteceu). E ainda tem um primo - não muito próximo - de Jaime nesta viagem até Porto Real, mas ele não duro muito. Até o seu destino final, Jaime e Brienne vão sofrer bastante.

Catelyn após soltar Jaime, foi acusada de traição contra o Rei do Norte, mas o Robb é o filho dela, e ela não terá a cabeça cortado como aconteceu com Ned. Agora ela está acompanhando os últimos suspiros do seu pai, o Senhor de Correrrio. Catelyn continua não se metendo muito nos assuntos da guerra, nem pela parte do filho, nem pela do irmão. Só que merdas vão rolar, e coisas irão acontecer. A Catelyn está muito mais forte neste livro, apesar do destino não ajuda-la muito.

Arya, essa menina continua perdida na floresta com Gendry e Torta Quente, até que é encontrada por um grupo de foras da lei, e os seus planos de voltar a Winterfell e ainda poder encontra sua família - ou parte dela, mudam completamente. Sem rumo e sem saber para onde ir, Arya vai enfretar poucas e boas. Diferente dos outros dois livros, a história da Arya não está deixando o livro animado, e o Sr. Martin está enrolando muito.

Tyrion depois da Batalha da Baia da Água Negra, ficou com uma cicatriz enorme e feia na cara. Além disso foi restituído do cargo de Mão do Rei. Que foi ocupado por seu pai - que não caga ouro - Tywin Lanniser, o que foi uma grande falta de respeito. Não é possível que toda a cidade esqueceu, que foi o Tyrion que salvou a pele deles, afinal a ideia do fogovivo - que salvou tudo no final - foi dele.

Davos começa o livro pisando na jaca, já está quase morto por causa da Guerra, não tem o que comer, está bebendo água da chuva, e não é o bastante para Martin, o cara ainda está perdido na floresta e não sabe para onde ir. Só que tio Martin foi bonzinho com Davos, chega um navio onde ele está e o comandante fala que todos do navio servem ao rei Staniss. Davos para e pensa, "Pelos 7 deuses antigos e novos, minha salvação", mas se esquece que Staniss não serve mais aos sete deuses. Davos ainda vai fazer muita besteira, colocando a vida dele nas mãos de Melissandre, a serva do Deus R'hllor. 

Jon Snow está esperando ser aceito pelos selvagens, depois de ter matado Qhorin Meia-mão. Jon não é um vira casaca, ele só está obedecendo as ordens de Qhorin e se infiltrando nos selvagens, para saber como eles vivem, caçam, quantos são e seus portes. Será que Jon será bem aceito? Será que terá que quebrar algum voto para mostrar que não é mais um corvo. O destino de Jon Snow está traçado por "séras?" neste livro.

Dany está em Astarpor, tentando comprar escravos para a guerra, com objetivo de tomar o trono de ferro e os sete reinos. Só que ela está indo mais para leste do que deveria. Neste livro ela está se mostrando uma verdadeira Targaryen, seus dragões estão bem maiores e seus poderes estão muito maiores.

Porto Real está se preparando para o casamento de Joffrey com Margaery Tyrell, várias casas de Westeros estão chegando para esta grande festa. Sansa, a última prometida de Joff, está feliz por se livrar deste pesadelo e ao mesmo tempo triste por Margaery. Logo no começo do livro Sansa é chamada pela avó de Margaery, uma senhora velha, gentil e aparentemente honesta. Será que Sansa vai falar o que Joffrey fez com ela?

Bran, desculpem quem gosta dele, mas eu acho que ele está indo para lugar nenhum, e um pouco desnecessário. Depois de ver seu irmão Rickon e Osha indo para outro lugar, Bran está com o Hodor e os irmãos Reed indo para - talvez - o Castelo Negro em busca de ajuda.

Robb depois de voltar de uma das batalhas, tem que cumprir sua palavra casando com uma das garotas Frey, só que ele volta desta batalha casado com Jeyne Westerling. E quem vai ter que descascar o abacaxi de se casar com uma Frey é seu tio, Edmure Tully. Lord Walder Frey exige que Robb compareça ao casamento, para pedir perdão pela sua insolência e praticamente traição. Só que você sendo um Rei, não pode voltar atrás da sua palavra e querer sair de boa. Essa atitude de Robb pode render feio para a família Stark.


Minha Opinião:

Eu não tenho outra coisa a dizer a não ser que o livro é perfeito. Martin consegue, mesmo com algumas caídas na história - como Bran e Arya (por mim pode matar os dois logo) - se manter com a sua escrita perfeita, detalhes extremamente importantes para o seguimento da história. Narrativa de tirar o folego. A primeira coisa que você ver no livro é o tamanho, mas depois que você começa a ler não adianta, em menos de duas semanas você consegue acabar de ler.

Em quesito fantasia achei que ele devia explorar mais, mas não vai cair a nota que darei por causa deste detalhe. É ação, aventura, fantasia, guerra, surpresas do Prólogo ao Epílogo. Simplesmente um dos melhores livro que eu já li na minha vida. Eu estou super viciado na série e não vai demorar para sair a resenha de O Festim dos Corvos, aguardem.


Edição:

Como eu disse na resenha que fiz de A Fúria dos Reis, a editora Leya está sendo impecável nas edições dos livros dessa série. São poucas as editores que conseguem fazer um ótimo trabalho, com livros imensos com A Tormenta de Espadas. Tudo continua a mesma coisa dos dois livros antecessores, só uma coisa mudou, a diagramação que é um pouco maior.


Nota: 

Depois de tanto elogiar o livro minha nota não poderia ser outra.




Então é isso pessoal, comentem e  blogueiros deixem seus links nos comentários para eu poder retribuir. Tenham um ótimo final de semana.


Até a próxima,
Jonathan Freitas.

47 comentários:

  1. Oi, seguindo seu blog. Bom, amei seu cantinho. Visite a gente, e vê se gosta. Se seguir, vou ficar feliz. Beijos
    Ass: Marta Miquele
    perdidanashistorias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Elane, sua participação é muito importante para nós. Acabei de retribuir.

      Excluir
  2. Oie :)

    Eu preciso dar continuidade a série urgentemente. Para você ter uma ideia, eu terminei Guerra dos Tronos já faz 1 ano e 2 meses, e até hoje não peguei Fúria dos Reis. Abraços!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, muito interessante sua resenha, confesso que já comecei a ler o primeiro livro dessa série, porém larguei de mão.
    Se puder, dê uma visitinha lá no meu blog? Tô começando agora, então uma forcinha seria legal, té mais *-* http://registrosporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post! Quero muito ler essa série mas tenho tantas outras na fila =( Essa vida de leitora não é fácil hahahaha
    Parabéns pelo blog, e sucesso neste 2014!
    Beijo,
    Vitoria.

    http://lonelyfireflies.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vida de leitor é assim mesmo, mas garanto que você achará um tempo para ler esta série.

      Excluir
  5. Seu post está ótimo. Eu não sou muito chegada em livros de fantasias assim, apesar que estou lendo tudo o que tenho pela frente. Mas 884 páginas? Caramba!

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  6. Oláaa, obrigada pela visitinha no blog e por está seguindo, haha *-*
    Sério que você não gostou de PJO? Então.. os 4 primeiros livros eu não achei a história incrível, gostei claro.. mas não achei tudo aquilo. Na minha opinião o melhor é o 5, que é quando a profecia realmente acontece e tal.
    No Os Heróis do Olimpo, mas especificadamente O Herói Perdido (que foi o único que eu li ~por enquanto~) eles não ficam enrolando, por isso achei muito legal. Eu até diria que o O Herói Perdido é melhor do O Ladrão de Raios, haha.
    Enfim, até mais e tenha um bom domingo, abraço.
    http://registrosporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tirando O Batalha do Labirinto (que é perfeito), o resto é bonzinho.

      Excluir
  7. Jonathan!!!
    Vim aqui te parabenizar pelo blog e pela resenha, e desabafar o meu problema com os livros do George R. R. Martin..
    Há muito tempo atrás, eu comprei todos os livros, sei lá porque... achei a capa interessante e o vendedor fez a minha cabeça, e acabei comprando. Quando eu comecei a ler, detestei, tentei por várias e várias vezes tentar novamente, mas foi frustrante e não consegui ler. Vendi todos os livros para um colega por apenas R$50,00
    Masssssss acho bem bacana vocês que gostam hahaha, aliás GOSTO não se discute, principalmente GOSTO LITERÁRIO!
    Parabéns pela resenha, mesmo assim!!!

    Sucesso no Blog
    Beijinhos,
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gio, eu só não te chingo porque sou de Deus. Menina porque você não vendeu pra mim? 50 reais em 5 livros que cada um é 50? Cara, eu estou chorando! Não posso acreditar 'aaaa'. Socorro!!! Realmente gosto não se discute, que pena que não gostou. Tente acompanhar a série da HBO! A série é menos cansativa que os livros, por causa dos benditos detalhes.

      Excluir
  8. Oi! ^^
    Ainda não li nenhum livro do George R. R. Martin, mas tenho vontade. Não li a resenha por causa dos spoilers dos outros livros da série, mas li seu comentário sobre o livro e achei um pouco ruim o fato da fantasia não ter sido tão explorada, ams como você disse o livro tem muito mais do que apenas fantasia.

    Adorei seu blog!
    Já estou seguindo!
    Beijusss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ache ruim o fato da fantasia não ter sido explorada, o que é melhor no livro não é a fantasia, é a história no seu total. Leia sim os livros de Martin, um escritor muito bom.

      Excluir
  9. Meow, essa série é perfeitamente maravilhosa, muitos blogs estão comentando sobre ela, e eu estou esperando os meus livros chegarem para começar a ler! :3

    XOXO
    http://fevereira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comece a ler sim Bruno, é realmente expetacular.

      Excluir
  10. Oiee, primeira vez aqui =)
    Essa é uma série que quero ler há muito tempo, mas que não tenho noção de quando farei isso, primeiro por não tê-los e segundo por serem imensos! Estou pensando na possibilidade de assistir a série.
    Beliscões da Máh ♥
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista a série primeiro, pois a história é muito densa e complicada, para você entender - não que você seja burra - assista a série primeiro para você se acostumar com os personagens. Depois leia os livros e se apaixone. Beijos Máh.

      Excluir
  11. Olá Jonathan!
    Game of Thrones é realmente fantástico. Li apenas o primeiro livro, mas assisti as tres temporadas da série adaptada do livro e pelo que vi em sua resenha e como eu suspeitava a série é bem fiel ao livro, por isso que resolvi não ler todos os livros, pois praticamente já sei o que vai acontecer!

    Forte abraço
    Claudinei Barbosa
    http://resenhandoecontando.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é bom ler todos os livros, tem coisas no livro que não tem na série.

      Excluir
  12. Tentei ler A guerra dos tronos esses tempinhos de tanto me falarem de livro, mas não curti muito e acabei abandonando o livro. Mas eu estava numa época beeeem corrida na faculdade e só conseguia ler o livro picado, então pode ser que isso tenha prejudicado. Mas futuramente eu pretendo ler sim, estou comprando a série aos poucos pro meu namorado, algum dia ele me empresta e eu tiro essa dúvida aí haha. Ótima resenha (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, é uma série muito bom. A faculdade pode realmente ter te atrapalhado um pouco, pois As Crônicas de Gelo e Fogo é uma série que tem que ser lida com calma e sem interrupções.

      Excluir
  13. Oii,
    Como vc disse que tem spoiler,não me atrevi a ler, mas estou louca para começar, tenho os 3 primeiros livros aqui em casa, mas falta tempo. Essa série é mto elogiada e George R. R. Martin é um mestre da fantasia, quero tomar coragem para conferir a serie logo, pois sei que é um livro para ler com calma, pela sua densidade.
    Aline Lima
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo aline, vai com calma e tome coragem.

      Excluir
  14. Ainda não li nenhum dos livros dessa série, mas já assisti todos os episódios das temporadas já passadas (e estou ansioso para a 4ª!!!) Dizem que os livros são 161246416161262146214 de vezes melhor que a série e se eu já gostei da série, imagine os livros, quero ler em breve. Só que eu acho a Arya legal (não mata ela não T-T)
    Robb era/é meu personagem favorito, pena que... enfim, gostei do post! xD

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mandou um spoiler oculto aí hein hahahaha. Arya é legal, mas sei lá, a história dela está tão sem foco, vamos ver se melhora no 4° livro.

      Excluir
  15. Só de olhar o tamanhinho desse livro, já me sinto desanimada. Não sei porque mas livros com mais de 500 páginas tem a tendência de me deixar de saco cheio antes que se chegue à metade. A primeira vez que vi o livro, minha prima estava lendo, e eu fiquei pensando comigo mesma, como ela podia ler aquilo tudo e tão rápido. Hahaha. Outro ponto é: o enredo não me deixa com um pingo de curiosidade :/

    Beijo,
    Pamela.

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que pena Pamela. Vale a pena ler ASOIAF, mesmo pelo tamanho. A história passa e você nem percebe. Se um dia resolver ler, assista a série primeiro, ficará mais animada.

      Excluir
  16. Faz bastante tempo que eu quero ler essa série. Saber que dá pra ler cada livro em menos de duas semanas até que melhorou a situação pra mim, rs, meu problema todo com ela é conseguir tempo para ler, teria que adiantar postagens pro blog pra conseguir ler tranquilamente. Que bom que a narrativa é de tirar o fôlego!

    Agora, sobre o trabalho da editora... você já viu as novas edições dessa série? Infelizmente, a qualidade caiu muito. Os livros ficaram com a metade do tamanho e o material utilizado neles é bem pior. achei uma crueldade, a série merecia ser tratada do jeito que era tratada antes.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Ju, na minha próxima resenha da série comento sobre como piorou a edição. Meu A Fúria dos Reis veio quase duas vezes a menos do tamanho que era. Em todo lugar que procuro O Festim dos Corvos, o livro está minúsculo, nem parece que tem mais de 500 páginas.

      Excluir
  17. Oi Jonathan,
    tudo bem?
    Acho que é a primeira resenha que leio da história e tinha que ser logo do livro três!!! Risos,,,, Eu ainda não li nenhum. Já vi comentários sobre a escrita cansativa desse autor. Então, gostei de saber que a escrita, pelo menos nesse volume, foi de tirar o fôlego!!!
    Gostei muito da Patrulha e do navio, adoro fantasia e esse universo criado pelo autor parece ser em diferente e mágico!!! Quem sabe em uma super mega promoção do submarino eu não compro toda a coleção?
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha gostei da parte super mega promoção do submarino. A narrativa do autor não é cansativa e sim detalhista.

      Excluir
  18. Olá Jonathan

    Eu não lí nenhum livro e nem a série baseada nestes livros. Mas a história é muito boa em entreter os leitores com muita aventura e fantasia!
    Em breve pretendo ler e quem sabe se eu conseguir um tempo, assistir a série tbm!

    Bjos
    http://www.i-likemovies.com/

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Bom, confesso que não li nenhum livro da série, mas sempre fiquei muito curiosa
    tanto pelas resenhas que o pessoal faz, como também pela série baseada nos livros, que pretendo assistir em breve.
    Parabéns pela resenha e ri bastante no começo com "Patrulha Salvadora" UISHDAUSIDHAISD

    Beijinhos
    http://lendocomaolly.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahsuahsuahsu, que bom que você riu, já estava começando a me sentir sem graça.

      Excluir
  20. Oi Jonathan!

    Amei a resenha e sua opinião! Eu quero muito ler apesar do tamanho assustar um pouco eu acho a premissa desse livros incrível e não só vc mais muita gente ama de paixão!
    Quero muito me encantar com essa história também!

    Ps: '' As lápides eram para ele como livros e, naquela biblioteca funesta, ele vigorava como um grande leitor.''
    Resenha: À Sombra da Lua - Marcos DeBrito
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/01/as-lapides-eram-para-ele-como-livros-e.html
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula. Encare mesmo a história, vai com tudo! Eu já comentei nesta publicação, vê se está na moderação. Abraço!

      Excluir
  21. Apesar de você ter falado que em duas semanas a gente lê esse livro, eu ainda me sinto muuuuuuuuuito intimidada pelo tamanho kkkk E o pior é que eu acho que não existe meio termo, ou as pessoas amam ou odeiam. Ainda bem que você tá no primeiro grupo né? Acho que eu ainda vou demorar um tempo pra conseguir coragem pra ler A Guerra dos Tronos, mas gostei bastante de como você descreveu o livro =) O fato dele saber equilibrar a quantidade certa de ação, fantasia, etc é muito válido!
    Beijso!

    www.centraldaleiturablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem mesmo que faço parte dos que amam. A história tem tudo haver comigo!

      Excluir
  22. Não conheço a escrita do autor, mas leio muitos elogios.
    Essa série é bem volumosa, mas pelo jeito possui todos os elementos que os fãs de fantasia apreciam em uma leitura.

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos elementos e um pouco mais. Martin é um gênio quando o assunto é fantasia!

      Excluir
  23. Olá!
    Serei bem franca.Estou para comprar essa série e quando vi que tem spoiler não li,pois não gosto de ser surpreendida até esse ponto, pois irá estragar minha vontade de ler!
    Assim que ler todos volto aqui para ler e dar minha opinião!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  24. Olá Jonathan, bom eu estou bem curiosa com estes livros das cronicas de gelo e fogo, ainda não tive aquela imensa vontade de ler, mas a forma em que a historia ocorre me chamou atenção, pois como uma amante da fantasia, acho que seria impossível não querer lê-lo. Mas como você falou o tamanho dele nos assusta (hahahaha), mas acho que depois que engrena na leitura é impossível não querer termina-lo para saber o desfecho dela.
    Bom não li sua resenha por causa dos spoilers, mas dei uma lida na sua opinião.

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html
    shopping.uol.com.br/e-book-reverso_2631732.html

    ResponderExcluir